Parkour, livre de competições

Pra quem me lê e não entende nada sobre Parkour, esse é um movimento que o Beto propôs no blog dele e que eu estou aderindo. Abaixo há palavras sobre valores que compartilho sobre o Parkour ideal que conheci. Sem competições.

Peço que quem quiser aderir à campanha cite o blog parkourbr nesse endereço:
http://parkourbr.blogspot.com/2007/05/parkour-livre-de-competies.html
Dessa forma: "Parkour sem competições"

Parkour sem competições



"Como muitos ja sabém, competições estão sendo formuladas, e esta campanha esta sendo feita para mostrar porque somo contra competições. Não contra competições no geral, mas contra competições dentro do Parkour, ou Parkour em competições.
segue abaixo um texto informativo e muito importante, elaborado com motivos discutidos no site Parkour.NET, mantido por franceses, e apoiado pelo proprio David Belle e sua associação.

Está comunidade apoia o Parkour, não COMPETIÇÕES - Corra sem rivais

Os membros desta comunidade se unem firmemente contra a ideia de competições organizadas de Parkour, nossos motivos:

1.

Nós não acreditamos em elites.
Nós não acreditamos em nenhuma forma de seleção entre praticantes.
Nós não acreditamos na necessidade de nenhuma forma de hierarquia de performance entre praticantes.
Nós acreditamos que "o melhor" não significa nada no parkour, porque ganhar ou perder não significa nada na filosofia do Parkour.
Nós não aceitamos tal direção como parte da filosofia do Parkour.

Ao contrario, nós acreditamos na direção de que o treino deve sempre e apenas vir de dentro.
Nós nos esforçamos para sermos fortes para nós mesmos e ajudar outros, não contra pessoas, mas com e para outros.

Sendo assim, nós rejeitamos e desencorajamos qualquer forma de rivalidade entre praticantes.
ao contrario, nós valorizamos respeito mutuo e solidariedade em progredir tal como individuos e como comunidade.


2.

Nós acreditamos isso é contra a filosofia do parkour, Competir para ganhar algo ou conseguir alguma coisa de valor, tal como medalhas, troféus, dinheiro, fama, reconhecimento ou glória.
o mesmo vale para quem quer aparecer.

Ao contrario, nós tentamos fazer nossos atos serem sem preço, e beneficente para pessoas de fora.
Nós também procuramos por beneficios que todos possamos compartilhar
Nós somos quem da algo, não quem recebe.


3.
Competições encorajam o sacrificio de sua saude para conquistas mais rapidas, e alcançar um ranking que não tem valor verdadeiro.
Forçando competidores de elite a constante e repetidamente colocar em perigo seu mais precioso bem, a saude, pela obsessão
e obrigação da vitoria, e qualquer outra direção consquente a isso, incluindo dinheiro, rank ou status, orgulho, e também contratos profissionais e patrocinio, e acordos comerciais remunerados.

Isso leva a competitividade dos praticantes e desbalancear seus treinos, focando apenas nas habilidades especificas necessarias para ganhar, levando a lesões cronicas.
Ignorando as negações oficiais, doping(uso de drogas estimulantes) é grande parte do tempo envolvido em todo nivel de competições, envolvendo dinheiro ou não.
Nós acreditamos que as consequencias fisicas de competir em alto nivel, vai contra a filosofia do parkour, no qual da enfatiza na moderação e na necessidade da resistencia.

Ao contrario, parkour é humilde, paciente e uma disciplina de longevidade, e o corpo humano necessita de condicionamento incremental para assegurar sua resistencia e longevidade.
Moderação é um valor verdadeiramente importanto para o parkour, e indispensavel quando se trata de se auto-preservar, e para que corpo crie sua resistencia.
Assim, nós rejeitamos qualquer coisa que vá contra moderação e que agrida o corpo.

4.

Parkour não pertence a corporações, patrocinadores, e midia, e pessoas sentadas em casa para assistir.
Nós acreditamos em não aceitar atividades ou planos que abusivamente são chamados de Parkour, que mal uso do nome e destroi sua imagem para chamar atenção da midia para algo que NÃO é parkour, ignorando a resistencia da maioria da comunidade para tais intenções.

Ao contrario, nós afirmamos que parkour não é uma disciplina competitiva e que pertence a todos os praticantes, a comunidades locais, para times e amigos, e a raça humana como um todo.
Acréditamos que devemos nós unir contra a ambição que não reflete a original philosofia do parkour e que desrespeita a filosofia, e a comunidade do parkour.

Competições não são invevitaveis, é apenas outro obstaculo, apoie o parkour original, mantenha sua disciplina livre!."


Sobre este post


3 comentários:

  1. Kaká Viveiros 5 de maio de 2007 14:08

    Legal saber mais um pouco de parkour.
    Tem uma "philosofia" interessante...
    Gostei!
    Parkour... deve dá umas fotos legais dos saltos...

    enfim...

    cuida-te...

    Bejuuu
    =*

     
  2. Kaká Viveiros 28 de maio de 2007 23:32

    ei ei... tá na hora de escrever ne?!
    ^^
    =*

     
  3. Cairo Gomes 3 de outubro de 2007 11:11

    Apoio sim o parkour livre de competições,mas será que um dia essas competições estarão livres do parkour?Não é difícil em um treino e outro você encontrar pessoas totalmente individualistas e competitivas desafiando outras pessoas que apenas querem fazer um treino bom e livre de competições.Geralmente essas pessoas não conhecem a verdadeira filosofia do parkour,são novatos(confesso que já fui totalmente competitivo também).Enfim, para nós que apoiamos o parkour 'raíz', só nos resta fazermos o nosso treino driblando todas essas pessoas competitivas.