Minhas primeiras Havaianas

Eu poderia justificar com ideais malucos e radicais, mas prefiro não fazer isso hoje. O fato é que nunca fui de gostar do que todos gostam.

Gosto de marcas de qualidade e uso seus produtos quando me agradam, mas nunca gostei de nada chamativo. Minhas camisetas preferidas são lisas e sem estampas. Gosto de várias cores fortes, mas ainda prefiro os extremos branco e preto. Prefiro comprar um boné preto fajuta do que um de marca cara, mas o fajuta não pode ser falsificação, com aquela logo gigante bordada na frente.

Minhas atividades físicas são diferentes. Faço Parkour e acredito que academia é perda de tempo na maioria dos casos; pedalar numa bicicleta que não sai do lugar?!

Sou um pé no saco pra escolher tênis; quase nenhum me agrada. Os melhores tênis que já encontrei têm detalhes a esmo e cores chamativas demais. Preto é bom.

Nunca fui em show de axé, nem que fosse "só pra pegar mulhé". Músicas que a maioria curte, não me agradam e quando agradam, agradam e ponto; independente de nome de compositor ou cantor, nome de álbum ou música e quantidade de discos de ouro anunciados no Domingão do Faustão.

Outro fato consumado é o de que minha memória é muito seletiva e isso ajuda a me manter fora do que é muito pop :). Minha atenção também, e é dedicada ao que realmente me interessa e só. Posso dizer que são poucas as ações publicitárias que têm efeito sobre mim.

Todos têm ou já tiveram uma daquelas sandálias Havaianas. Ao menos nunca soube de um conhecido meu que nunca teve. Agrada tanto aos mais revoltados quanto aos mais tradicionais. A mim nunca agradou.

Hoje comprei minhas primeiras Havaianas! Pretas e sem detalhes, claro ;).


Sobre este post


6 comentários:

  1. Marco Gomes 24 de maio de 2008 23:26

    Vários comentários:
    1. Que tema é esse? É um Hemmingway do Blogger? Hehehe

    2. Esse seu post me lembrou um meu: http://marcogomes.com/blog/2005/finito/

    3. Me enrolou por 7 parágrafos só pra dizer que comprou Havaianas?

    4. Ao menos é um post, isso, vindo do mister indecisão, é um grande feito.

    5. Vc não tem memória seletiva, vc não tem memória... Ou será que todas as vezes vc SELECIONOU não lembrar de cartão de banco, chaves, fones de ouvido, MP3 player... (zuei XD )

    6. Keep blogging!

     
  2. Raquel Filippi 27 de maio de 2008 19:21

    Há algum tempo atrás eu não gostava de Havaianas, mas elas foram ficado bonitinhas e hoje usar Havaiana não significa mais "andar mal arrumado", coisa que sempre existiu até elas ficarem estilosas, adquirirem fama e preço alto².

    Ps: Eu estava com você no dia em que comprou sua primeira havaiana :D

    AMO VOCÊ

     
  3. Kel Ribeiro 5 de agosto de 2008 11:17

    Basicamente..
    Não consigo ser básica, até o havaianas tem que ser fashion, prata, dourada combinando com a bolsa! hahaha
    Nunca consegui ser discreta, mas jurooo que tento, pois acho um luxo quem consegue! Parabéns! rsrs
    Adorei o blog!
    Gd bjo

     
  4. natália 16 de agosto de 2008 05:41

    Eu lembro da época que havaiana era coisa de pedreiro, todo mundo odiava!

     
  5. Caio Tadeu de Moraes 19 de outubro de 2008 19:36

    Isso aeee Wendely!!!

    Nem que nos chamem de esquisitos, aberrações e bruxas; e nos queimem na fogueira; nunca mais aderir a esta grande massa infectada e corrupta chamada MAIORIA!!!

    Lute contra esse mal!!!

     
  6. PsYsApIeNs³ 13 de novembro de 2008 13:32

    tb não só fã do gosto da "Massa", mas não lembro-me de um dia se quer, que uma Havaiana não estivesse em meus pés...